Notícias
Câmara apresenta renovação de 30% e sete vereadores são reeleitos para mais uma Legislatura

Neste domingo, 15, a cidade de Caieiras elegeu os novos vereadores que comporão a 15ª Legislatura. Ao final da apuração, o que se viu foi a reeleição de sete parlamentares do atual grupo legislativo. Três eleitos debutarão na Casa a partir de 1º de janeiro.

O “campeão” de votos foi o vereador Birruga (PSD), alcançando 5,15% da votação válida, ou seja, 2408 votos. Muito próximo chegou o presidente da Casa, Dr. Panelli (PODEMOS), contabilizando 2045 votos (4,37%). Fechando a trinca dos três mais votados constou a reeleição de Eudes Meira (PP), que somou 1854 votos – 3,96% da votação válida.

Alemão da Barroca conseguiu assegurar o segundo mandato depois de amealhar 1730 votos (3,70%), seguido pela vereadora Zefinha – 1578 votos (3,37% dos votos válidos. Com 1525 votos, Prô Josie Dártora (DEM) conquistou 3,26% do eleitorado e se reelegeu. Mesmo êxito obtido por Fabrício Calandrini que com 2,49%, somou 1163 votos, tornando-o vereador para mais quatro anos pelo MDB.

Micael que já era suplente, foi eleito pelo DEM. Arregimentou 3,30% do eleitorado e cravou 1542 votos. Sobrinho do ex-prefeito Roberto Hamamoto, o médico Roger Hamamoto (PSD) vem para a sua primeira eleição junto à Câmara. Foram necessários 1422 votos (3,04%) para que alcançasse uma cadeira.

Completando o rol dos eleitos, Lagoinha Josi (PSDB) venceu o pleito, obtendo 1361 votos, o que corresponderam a 2,91% do total de votos válidos.

NÃO REELEITOS

Três cadeiras que apresentaram mudanças em relação aos seus ocupantes na Câmara pertenciam, pela ordem, ao prefeito eleito Lagoinha (MDB), ao vice-presidente da Casa, Nelsinho Fiore (PP) e ao terceiro secretário junto à Mesa, Régis do HC (PODEMOS).

No total, Caieiras dispôs de 52 594 votos, sendo 43 686 (83,06%) tidos como válidos, 2 571 (4,89%) se qualificaram como brancos enquanto que os votos nulos representaram 6,17% do eleitorado, ou seja, 3 247. Fechando os números, 15 366 eleitores se abstiveram em votar, o que representou percentualmente em 22,61%.